Recondicionado

Imagem de um Iphone numa tábua de madeira

Cada produto electrónico que não é aproveitado até ao seu último dia de vida útil é mais um bocado de lixo electrónico criado. Para evitar esse desperdício existe um mercado inteiro dedicado à comercialização e aproveitamento de produtos que não sendo novos ainda estão em boas condições de utilização.

O que é um recondicionado?

Apesar de não haver uma concordância total na definição exacta do que é considerado um produto recondicionado, a um produto que, não sendo novo, foi revisto, verificado e testado por um especialista e que se encontra em perfeitas condições de utilização como se tratasse de um produto novo pode ser considerado como um produto recondicionado.

Inicialmente os recondicionados eram, por exemplo, os produtos que eram devolvidos pelos clientes dentro da garantia e que eram reparados. Estavam em bom estado, praticamente como novos.

Também são considerados como recondicionados produtos:

  • devolvidos por danos nas embalagens nos envios;
  • sem defeito devolvidos por outros motivos e testados pelo vendedor;
  • de exposição de loja nunca vendidos, usados para testes, demonstrações, etc;
  • que apresentaram defeito na linha de montagem e que tiveram de ser reparados;
  • que não foram vendidos no seu ciclo de vida;

O que é recondicionar?

O termo recondicionar é, em português, um pouco equívoco. Em português de Portugal recondicionar significa: recuperar, restaurar, ie, voltar a colocar em condições de funcionamento.

Na verdade um produto recondicionado normalmente nunca esteve avariado para ser necessário recuperar.

Quais as vantagens de comprar um recondicionado?

A principal vantagem de comprar um produto recondicionado é sem, dúvida, o preço. O valor de um produto recondicionado é sempre mais baixo que o de um novo. E se o comprar como usado a poupança ainda será maior.

Usado ou recondicionado?

A diferença principal entre um termo e o outro é que o usado normalmente é vendido tal como foi comprado.

O produto recondicionado foi verificado e testado supostamente pelo fabricante ou por um terceiro certificado ou com aptidão para tal. A ideia é que um processo de “recondicionamento” será algo mais oficial.

Um usado provavelmente também terá sido testado e verificado, especialmente porque mesmo sendo vendido como usado terá que dar garantia ao consumidor apesar de menor que a do recondicionado.

Por regra, o tempo de garantia de um produto usado é metade do que é dado a um recondicionado. Assim é um jogo, em que o cliente está disposto a poupar mais alguns euros em troca de um maior tempo de garantia do produto.

Sim, mas porque é que devo optar por um recondicionado?

Se o produto em causa corresponde às nossas expectativas e satisfaz as nossas necessidades então além disso:

  • permite POUPAR dinheiro;
  • é uma forma de proteger o nosso planeta. Cada produto que é reaproveitado são menos umas centenas de gramas ou uns quilos de lixo electrónico que é produzido;
  • O total de CO2 produzido ao ser criado e transportado o produto e todos os seus componentes, acessórios e embalagens é reduzido;
  • Os produtos têm a mesma qualidade que os novos;

Se estes ainda não forem motivos suficientes para comprar um produto recondicionado, entre em contacto connosco e verá que a qualidade do nosso atendimento é mais do que motivo suficiente para fazer negócio connosco 🙂

Na TILT temos uma vasta gama de produtos recondicionados e usados para escolheres todos com, pelo menos, um ano de garantia e com a qualidade do serviço a que já te habituamos. Dá uma olhadela no que temos disponível para ti.

Produtos recondicionados disponíveis na TILT